quarta-feira, 1 de julho de 2009

Mulheres e Homens de todo o mundo, pinem!


Há coisas que me deixam confusa. Confusa, confusa, confusa. Assim do género Tico e Teco às voltinhas atrás um do outro no meu cérebro sem nunca se encontrarem e nunca darem o devido "clic".

Coisas como: Casar sem ter pinado antes. E daqui retiro 2 categorias:

- Casar virgem: casar sem ter nunca pinado, com NINGUÉM
- Casar com o dito/dita sem ter pinado com o mesmo antes do casamento (mas já com outros/as)

Antes de mais convém referir que conceitos como "casamento" fazem-me comichão... e pior fazem certas coisas como: "casar sem pinanço prévio".

Que caralho! Quem é que no seu perfeito juízo comete tamanha estupidez?

Uma única sessão de sexo diz imenso sobre uma pessoa. Contém sempre aquelas pequeninas coisas que nem um púdico ou um tímido podem/conseguem esconder. Quem é que no seu perfeito juízo vai comprar um produto que terá que usar toda a santa vida sem o experimentar previamente? Sem usar as amostrazinhas grátis que se oferecem sempre... É como quem vai experimentar um creme qualquer e aplica-o logo por todo o corpo (para sempre) sem ver, previamente, se é alérgica ou não! É burrice pegada!

E se o gajo tem gostos assustadoramente estranhos? Intenta-se acção de divórcio logo após a noite de núpcias? Ou leva-se com aquilo o resto da vida (e porque "ai temos que nos adaptar um ao outro...)? Hell not!!

Eu juro que não entendo. A sério. É um mistério para mim como é que alguém pode optar por decidir passar o resto da sua vida com alguém (o que já de si é, na minha opinião, anti-natura...) , sem nunca ter tido uma sessãozinha de sexo com essa mesma pessoa. Nunca. Jamais. Pas du tout. Rien de rien. Além de ser um acto irresponsável, é só estúpido.

É certo que cada um tem direito a fazer as suas próprias escolhas nas suas vidas, mas eu também tenho o direito de achar estas opções absolutamente estúpidas gozar-vos sempre que me apetecer. Deal with it.

De qualquer das formas, Corset Maria já está vacinada contra estes ataques de gripe "T" (gripe de Tansos). Por cá pina-se e também não se fazem planos de casamento. Ah pois!

14 comentários:

pó de arroz num ataque de escrita crónica disse...

Eu também acho que as pessoas devem ver se encaixam a todos os niveis, Respeito quem queira ir ás cegas e admiro a sua coragem...eu cá não ia nessa, é que não ia mesmo.
Mas o mundo é mesmo assim, cheio de diversidade de gostos e opiniões!

S* disse...

Acho um absurdo de todo o tamanho. Como sabes de gostas da fruta se nao chegaste ao caroço? :D

Fundamental.

Smootha disse...

Eu ando cada vez mais feliz por "ver" que há mais como eu por esse mundo fora.
Casamento provoca-me uma certa alergia e de facto.... não pinar antes?
É que nem sequer chega uma vez, porque a primeira, é a primeira...
Lá está o tal ditado: "Não há como a 1ª vez... As outras são melhores!"
Tenho dito!

Sandy disse...

Também acho uma parvoíce e além disso jamais iria conseguir, só se casa-se com o coitado uma semana depois, pouco provável!

Wolve disse...

ai corset maria...

Nessa disse...

concordo.
é complicado saber que se vai partilhar uma vida com uma pessoa da qual não tens a certeza a 100% que é "a tal",pois,na minha opinião,o sexo não é o mais importante mas É importante!
respeito quem toma essa decisão mas eu cá não conseguiria.
neste aspecto concordo com a comparaç\ao feita pela(o?)S*.
Como diz o meu pai:"se até os bichinhos gostam,..."

*B* disse...

Também me faz confusão isso! Uma relação envolve tudo! Se for tudo perfeito, menos o sexo, é complicado!


Beijinho, Corset*

Patatine disse...

É complicado fazer planos a dois se não nos conhecemos a todos os níveis. Apesar do sexo não ser o mais importante, é importante sem dúvida, e acho estranho as pessoas casarem-se sem terem dado esse passo. E se depois de casados não gostam? Têm que suportar aquilo o resto da vida? Que tédio! Talvez seja aí que começam a existir as traições de parte a parte.
Beijinho

Debbie disse...

Pois é, faz-me também uma confusão dos diabos e acho que é muito pouco saudável.
Pinar faz bem, a todos os níveis.

Anjo De Cor disse...

Nos dias de hj acho que são raros os casos que casem ou juntem os trapitos as cegas...
Bjs*

Daisy Maria disse...

e a Daisy só pode é concordar! já dizia o meu pai: para um casamento resultar, entre outras coisas, têm que se dar bem na cama.
como sabem se não experimentam?
pinem muito, muito mesmo :D

Cinderela disse...

Para mim isso também é inconcebível, mas reparem que há muita gente que se casa sem ter partilhado outros aspectos da vida com o companheiro, aspectos esses igualmente importantes.
Muitos casam sem terem vivido juntos, sem terem partilhado a convivência no meio das rotinas, outros sem terem partilhado os valores e as opiniões face à educação dos filhos ou à gestão do orçamento mensal... Tal como a parte sexual, também estas áreas são susceptíveis de causar grandes desilusões futuras. O sexo é uma forma de conhecermos a outra pessoa, mas não é a única, nem a mais importante.

Puzz disse...

concordo em absoluto! para que se esclareçam dúvidas e se evitem erros.

Anónimo disse...

Genial dispatch and this enter helped me alot in my college assignement. Thank you on your information.