quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Preciosidades idiotas e (acima de tudo) absurdas


  • "A mulher que se negar ao dever conjugal deverá ser atirada ao rio."Constituição Nacional Suméria, civilização mesopotâmica, século XX A.C.
  • "A mulher deve adorar o homem como a um Deus. Toda manhã, por nove vezes consecutivas, deve ajoelhar-se aos pés do marido e, de braços cruzados, perguntar-lhe: 'Senhor, que desejais que eu faça?” Zaratustra
  • "A vida de uma mulher vale a metade da de um homem, no caso de, ao morrer, caber ao Estado e seus parentes reclamarem indenização." Yaroslao, o Sábio (grão-duque de Kiev, autor da primeira constituição russa, século X)
  • "Inimiga da paz, fonte de inquietação, causa de brigas que destroem toda a tranqüilidade, a mulher é o próprio diabo." Petrarca
  • "O pior adorno que uma mulher pode querer usar é ser sábia." Lutero
  • "As crianças, os idiotas, os lunáticos e as mulheres não podem e não têm capacidade para efectuar negócios." Henrique VIII
  • "Todas as mulheres que seduzirem e levarem ao casamento os subditos de Sua Majestade mediante o uso de perfumes, pinturas, dentes postiços, perucas e recheio nos quadris, incorrem em delito de bruxaria e o casamento fica automaticamente anulado.” Constituição Nacional inglesa (século XVIII)
  • "As mulheres nada mais são do que máquinas de fazer filhos." Napoleão Bonaparte
  • "A mulher pode ser educada mas sua mente não é adequada às ciências mais elevadas, à filosofia e algumas das artes." Friederich Hegel
  • "Nunca fui capaz de responder a grande pergunta: o que uma mulher quer?" Sigmund Freud


Destas ideias "fantásticas" a última lá vai fazendo sentido! [risos]

É incrível ver como grandes personagens da nossa civilização eram absolutamente... como dizer... IDIOTAS. Perante esta situação, quando me falarem, por exemplo, de Hegel, eu mostro-vos o dedo do meio. Sim? :)

Quanto à Suméria... é começar a drenar os rios...

8 comentários:

RdS disse...

assumidamente hegeliana, sou a contestar.

certo é que só levantará o dedo do meio se de hegel nada souber, menina. assim, fica a minha lição hegeliana, com a minha teoria favorita desse senhor por método:

- sendo aquela a posição dele, a esta corresponde a contradição. e destas a superação.

:) *

Corset disse...

Ahahaha como fazer-te comentar: meter Hegel ao barulho!!xD

Luis Lima disse...

O dedo do meio será igualmente erguido caso mencione Petrarca?? O senhor até tem a sua razão respectivamente à sua citação (Nem sempre, quase, nem sempre tal acontece, todavia, ainda continuamos a assistir a situações do género..infelizmente.)

Senhor Freud: Care to join the club?

Corset disse...

Caro Luis Lima:

não somos o próprio Diabo, mas sim, temos fama de intriguistas. No entanto não somos detentoras monopolistas desse "defeito", até porque conheço uns quantos espécimes do sexo masculino que são autênticos peritos na "arte" da bisbilhotice...

Anónimo disse...

Cara Corset:

Venho por este meio exprimir as minhas sinceras desculpas por um possível mal entendido. A parte do "Diabo" não está, de forma alguma, associada ao meu apoio da ideia da Mulher ser "fonte de inquietação" (a ser tomado no bom sentido, óbvio será). Inquietção, sinónimo de desordem no nosso ser, falta de harmonia, logo, metafóricamente destruidora de tranquilidade. Pretendo apenas transmitir, que enquanto aficcionado pela Mulher, posso garantir-lhe que que já se passaram noites em branco, se tomaram atitudes positivamente irreconhecíveis, fazendo minhas, as palavras do génio Sigmund Freud (e acho que ainda posso também falar em nome de inúmeros cavalheiros por este mundo fora). Ora será isso ou não uma inquietação tal? Afinal de contas, convenhamos, "artistas", para todo o sempre haverão de encarnar ambos os sexos.
Já agora, nós (homens) lamentamos as brigas. Não é que tenhamos prazer, simplesmente os índices de testosterona em alguns indivíduos têm uma certa tendência a sobressaírem-se mais do que outros. Não deixo de admitir a existência desses tais peritos, mesmo sabendo que sou suspeito, por exemplo, por precisamente estar a bisbilhotar os seus depoimentos. Todavia (risos), continuarei a faze-lo..este blog parece ter potencial.

Cordiais saudações

Luís Lima disse...

Perdão..ASS: Luís Lima

Corset disse...

Caro Luís Lima,

Não tinha, de facto, interpretado o termo "inquietações" na sua perspectiva. Será, porventura, fruto de uma certa "mania da perseguição" que tenho :)

Sim, somos fonte de inquietação e como é bom saber que o somos!

Mas desengane-se se pensa que os homens não sejam, também, seres que nos inquietam! É que não somos tão diferentes como julgamos ser..

Corset disse...

Aproveito ainda para demonstrar o meu contentamento por alguém, que não as autoras deste blog, considerar que o mesmo tenha algum "potencial". :)