quarta-feira, 7 de abril de 2010

Afinal...

 
Gostava de ser ternurenta.
Gostava de conseguir dizer-te coisas doces.
Gostava que não fosses um problema.
Gostava que fosses normal.
Gostava de ser menos cruel com as palavras.
Gostava de não ter esta parede de gelo entre nós que me torna insensível, impaciente e intolerante. 
Gostava de gostar de ti... como em tempos.

8 comentários:

L!NGU@$ disse...

:( Tens que ter mais paciência com ele.

Kikas disse...

as circunstâncias às vezes mudam, nós adaptamo-nos a elas e para voltar ao que éramos é difícil :x

Corset disse...

É isso mesmo Kikas.. e há situações irreversíveis. O que torna tudo pior.

S* disse...

E não gostas? ;) se não gostasses não escrevias isto... Ou então escrevias porque sabes que estarias melhor gostando.

Bailarina disse...

Ui, que isto para estes lados, não vai nada bem... Infelizmente as coisas, não são sempre como nós queremos...
Bjinho*

Petra Pink disse...

nao se manda no coração...
ele às vezes é que manda em nós.

Other Me disse...

Assino por baixo da Petra Pink... =( Essas situações são sempre complicadas, eu que o diga...

Wolve disse...

as pessoas mudam, crescem.