terça-feira, 27 de abril de 2010

Também temos coisas sérias. (E sandes de presunto.)

 *Eu cá vou esperar sentada, de certezinha!*

"- Carlinhos da minha alma, é inútil que ninguém ande à busca da sua mulher. Ela virá. Cada um tem a sua mulher, e necessariamente tem de a encontrar. Tu estás aqui, na Cruz dos Quatro Caminhos, ela está talvez em Pequim: mas tu, aí a raspar o meu reps com o verniz dos sapatos, e ela a orar no templo de Confúcio, estais ambos insensivelmente, irresistivelmente, fatalmente, marchando um para o outro!"

Sempre soltei longos suspiros a cada vez que lia este excerto (para quem não sabe - shame on you!! - trata-se d'"Os Maias"). Ontem não foi excepção. Há coisas que nunca mudam, e tu, Corset Maria, és uma romântica de merda.

8 comentários:

cereja disse...

Pronto, também alguém tem que ser romântico, não é? E isso é bom :)

Petra Pink disse...

o romantismo faz bem a pele!......... looll

Petra Pink disse...

o romantismo faz bem a pele!......... looll

Waldorfa disse...

E que mal tem sermos romãnticas? É quase tão bom como sermos umas bitch's, lolol

Pipa disse...

E é tão bom sermos românticas :)

Kikas disse...

releste isto à minha pala, confessa xD
eu acredito nisso, sabes? por muitas voltas que a vida dê, por mais que eu não acredite no destino.. acho que é assim.
eu, uma romântica de merda, me confesso x)

Corset disse...

Pronto, eu confesso. Eram não sei quantas da manhã e a Kikas fez-me buscar os Maias à estante para procurar esse excerto x) LOL tu e o Hotel Central...^^

Kikas disse...

opá, sou mesmo especial. o que eu te faço fazer.. deixa lá que o meu também estava na estante, por isso não foste a única a mexer o rabo. só perguntei se era o capítulo do hotel central xD não confirmei mas acho que sim e isso é antes de eles irem para lá. acho..