domingo, 2 de maio de 2010

Acerca de "Alice no País das Maravilhas" - questão fundamental

Sabem que a história é uma metáfora. 
Certo?

Edit: Em jeito de resposta, parece-me bastante simples: a adolescência. Isso vê-se em pequenas coisas como as constantes mudanças de tamanho (um segundo enorme, no outro pequenina), na pergunta constante do "quem és tu?" e na confusão que isso causa na cabeça da pobre Alice (ah as belas crises existenciais dos adolescentes =P), na vontade de assumir o controlo pela sua própria vida (sem aceitar de bom grado tudo o que nos mandam fazer), na vontade de provar que consegue superar (sozinha) os obstáculos que se atravessam no caminho ("How's this for muchness?"), and so on.
Há histórias que, de facto, mudam tremendamente quando as lemos 10 anos depois. ;)

10 comentários:

almighty yellowphant disse...

por acaso nao sabia pq ainda n vi o filme. mas que metáfora é essa?

Girl in the Clouds disse...

Certo, e uma metáfora daquelas que vale a pena aprender a lição! Estou curiosa de ver como interpretaste o filme, pois também formulei uma opinião!

Bailarina disse...

Certo, certissimo...
Bjinho*

Anónimo disse...

sim. adoro :)

me, myself and I disse...

E se esperamos mais dez anos, ainda lhe vamos dar outro sentido...

bj

Kikas disse...

não leio a história há TANTO tempo! se calhar há uns dez ou onze anos. mas não seria má ideia voltar a fazê-lo :p

Waldorfa disse...

Essa sempre foi uma das minhas histórias infantis preferidas, talvez por me identificar tanto com a Alice, mas afinal todas nos identificamos certo?

Susaninha disse...

GRAnde verdade...Se mudam Corsetzinha:)

Anónimo disse...

nao sera a unica interpretaçao nem se quer a unica metafora, mas é uma historia muito 'rica' de facto. para ler e reler em diferentes epocas da nossa vida.

Cate disse...

É uma boa explicação, mas certamente não será a única. O Lewis Carroll era um homem um pouco estranho.