sábado, 20 de março de 2010

Sem título.


Apercebi-me de um fenómeno curioso: o efeito "manada" das palmas. 
Um tolo fala, outro tolo bate palmas e é ver toda uma manada correr atrás, num "clap clap" incessante. E sem saberem o porquê. 
E mais! Existem palavras "chave". Experimentem ir a um comício. Vejamos o exemplo do PS. Façam a seguinte experiência: digam a palavra.. humm... assim.. aleatoriamente... "Sócrates!". Basta isso. "Sócrates!!". Uma plateia inteira pode estar distraída, mas o subconsciente de um Socialista, esse malandro (o subconsciente, não o Socialista), está sempre atento à palavrinha mágica "Sócrates".... esse desencadeador maluco de palmas!

É mais ou menos assim:
Orador:  "Ah e tal vamos aumentar os impostos (...) e a cena internacional (...) e comi a tua prima (...) e SÓCRATES!"
Público:  "Clap, Clap, Clap. Muito bem!! Muito bem!!"
Sujeito A:  "O que é que ele disse?"
Sujeito B:  "Eh pa não sei mas eu 'tou pelo Sócrates! Além disso o vizinho do lado está a bater palmas, não nos vamos armar em esquisitos, pois não?"

E é isto.

7 comentários:

Saskia disse...

Agora fizeste-me rir :)

a Gaja disse...

Realmente é qualquer coisa do género. Esse fenómeno é explicado por um sr da psicologia ou assim, lembro-me de ter estudado isso em psicologia há uns aninhos.

Petra Pink disse...

hahahah muitooo bommmmm.

Pequenina* disse...

Sem duvida, a observação curiosa do mês!
=)***

Kikas disse...

eu cá se ouvisse a palavra sócrates começava a fazer pontaria com pedras como se não houvesse amanhhã!

S* disse...

ahahah

Quando bato palmas por frete, o meu rosto não bate palmas comigo. :P

lampâda mervelha disse...

Mas o efeito "manada" ainda é de borla. Agora pagar a malta para fazer de "manada" no congresso de um partido.


Gostei do efeito "manada". :)